Desafio nas Formulações de Proteção Solar
 

Resumo: As formulações de protetores solares atuais estão sujeitas a um conjunto de fatores cada vez mais rigorosos, tanto por parte dos consumidores quanto por assuntos regulatórios, ambientais e de segurança. As questões incluem legislação de alguns países que proibiram a utilização de alguns filtros orgânicos, devido ao seu potencial de afetar recifes de coral.
O FDA lançou um relatório publicado em maio 2019 no Journal of the American Medical Association (JAMA) que revelou que os filtros avobenzona, octocrileno, oxibenzona, penetraram na corrente sanguínea de voluntários em níveis muito acima do nível de segurança de 0,5ng por ml e esses filtros estão sob investigação.
Por parte dos consumidores, existe uma expectativa de eficácia cada vez maiores, mantendo o sensorial de produto adequado ao uso diário em diferentes ocasiões e perfis de consumidores. As maiores tendências em proteção solar, dizem respeito a produtos multifuncionais e que protegem a outros tipos de radiação, como a luz emitida pelos aparelhos eletrônicos.

Diante desse cenário abordaremos alternativas para atender a todos esses requisitos e garantir a estabilidade das fórmulas e a proteção amplo espectro, sempre pensando no valor que norteia a Croda. “Smart Science to Improve Lives”.

 

Link para transmissão: Será enviado ao e-mail cadastrado.*

(Somente aos que se inscreveram na 19ª Semana de Química).

•Flávia Guaragna - Gerente de Aplicações de Produtos Cosméticos (CRODA)

 

Data: 24/11/2020 (Terça)
Horário: 09:30 – 11:30


 

© 2020 por Comissão Organizadora da Semana de Química.