Mesa Redonda: Preconceitos na comunidade científica: dificuldade de mulheres e negros de ocuparem espaço na ciência
 

Resumo: Não é de hoje que o preconceito se instala em nossa sociedade, principalmente com ações escancaradamente discriminatórias, as quais são notadas diariamente, seja pelo tom de pele, gênero ou até mesmo por vestimentas que não se encaixam no “padrão”. Apesar de algumas pessoas contestarem que não há um preconceito nítido, é importante notar que a discriminação também se manifesta por meio do apagamento daquilo que não se admite existir. Isso se aplica, primeiramente à identidade e se alastra pelos direitos, sobretudo, pelo fato do não reconhecimento da inacessibilidade da maioria do povo brasileiro, o qual se torna evidente quando olhamos a falta de representatividade de mulheres e negros ocupando cargos de renome, em especial para cargos de liderança no mercado de trabalho, nas instituições de ensino e também na comunidade científica.
Sabemos que a luta não é de hoje, as dificuldades, superações e conquistas das mulheres e negros vêm de longa data. Apesar disso, ainda há muito a ser falado sobre o tema e, diga-se de passagem, muito a ser melhorado. Com o objetivo de promover uma reflexão para combater a discriminação racial e de gênero, a 19ª Semana de Química irá realizar uma mesa-redonda, com a temática “Preconceitos na comunidade científica:dificuldade de mulheres e negros de ocuparem espaço na ciência” para entendermos o quão necessário é debater isto atualmente

 

Link para transmissão: Será enviado ao e-mail cadastrado.*

​*(Somente aos que se inscreveram na 19ª Semana de Química).
 

•Alessandra Sussulini - Doutora em Ciências
•Anita Canavarro Benite - Doutora em Ciências
•Juvan Pereira da Silva - Doutor em Engenharia Mecânica
•Sonia Guimarães - Doutora em Física Aplicada

 

Data: 25/11/2020 (Quarta)
Horário: 19:30 – 21:30

 

© 2020 por Comissão Organizadora da Semana de Química.